Como poupar dinheiro em 2021

Marketing Digital Ads

Como poupar dinheiro em 2021

Dicas de como economizar

Quer saber como poupar dinheiro em 2021 e não sabe muito bem por onde começar?

Sabemos que economizar dinheiro pode parecer impossível. Pagar todas as contas e ainda ter dinheiro para guardar?

Pode confiar, é possível sim, e vamos te mostrar o caminho para guardar dinheiro com dicas ótimas.

Acompanha a gente que os minutos gastos com essa leitura podem fazer você poupar muito dinheiro até o fim deste ano!

Qual é a importância de poupar dinheiro?

Poupar seu dinheiro faz com que você não dependa de cartões de crédito e empréstimos a todo momento e te dá segurança mesmo em emergências. Ou seja, traz independência financeira e tranquilidade para a sua vida.

Vale a pena poupar para realizar planos?

Pode parecer uma boa ideia gastar dinheiro com coisas que você pode aproveitar de imediato. Mas vale a pena juntar dinheiro para realizar planos futuros que dependem de uma grana extra. 

Você pode querer ter a sua casa própria, fazer uma viagem, ter filhos ou fazer um curso. Calcule o valor dos seus sonhos, além de como e quando você quer realizar eles, e poupe dinheiro para isso. 

Registre suas despesas em uma planilha ou app de gastos

Entender cada detalhe das suas despesas faz você entender o que te impede de guardar dinheiro. Para isso, nossa dica é usar uma planilha ou um aplicativo de gastos nos quais você pode anotar todo o dinheiro que entra e sai durante o mês, dividido em categorias como casa, comida e educação.

Separamos alguns aplicativos que podem ser úteis para você:

  • Guiabolso: parceiro da QuiteJá, o guiabolso é perfeito para quem quer integrar seus cartões de crédito e contas em um mesmo lugar;
  • Mobills: é um dos queridinhos dos brasileiros, prático e com várias funcionalidades, como sincronização de dados;
  • Spendee: visual e prático, você pode vincular ele a alguma conta ou inserir os dados manualmente, além de indicar seus gastos recorrentes;

Gaste menos do que ganha cortando despesas desnecessárias

Se o que você ganha é igual ao que você gasta ou menos, você acabará o mês sem dinheiro nenhum para poupar. Por isso, ou seus gastos precisam diminuir

Use sua planilha ou app financeiro para descobrir quais são as despesas desnecessárias que podem ser cortadas para sobrar dinheiro no fim do mês. 

Pode ser uma surpresa descobrir que o que mais pesa no orçamento são aqueles gastos quase invisíveis, aqueles R$ 5 a mais aqui e ali. É com eles que mais precisamos tomar cuidado se queremos guardar dinheiro.

Copyright© 2021 | Todos os direitos Reservados

MARKETING DIGITAL ADS LTDA - REGISTRADA NO CNPJ 34.355.241/0001-75

Qual o melhor investimento para iniciantes? Confira 5 alternativas!

Marketing Digital Ads

Qual o melhor investimento para iniciantes?

Confira 4 alternativas!

Se você pensa em começar a investir no mercado financeiro, é fundamental entender que há diversas alternativas na renda fixa e na renda variável.

Como será necessário escolher o que faz sentido para o seu portfólio, é importante conhecer o melhor investimento para iniciantes. Ao mesmo tempo, essa é uma decisão particular e que deve considerar suas características pessoais.

Desse modo, saber mais sobre os investimentos o torna capaz de definir o que se encaixa em sua realidade e na realização dos seus sonhos.

Continue a leitura para conhecer 5 alternativas de investimento para iniciantes e veja as características de cada uma delas!

Como iniciar no mundo dos investimentos?

Antes de dar os primeiros passos no mercado financeiro, é preciso estar preparado para usufruir dos benefícios que os aportes frequentes podem oferecer a você. Para isso, é fundamental montar uma reserva de emergência.

Ela corresponde a um montante que servirá para cobrir imprevistos financeiros que surjam em sua vida. O ideal é que o montante da reserva corresponda a, pelo menos, 6 meses de gastos médios do seu orçamento, mas pode ter outros valores.

Essa reserva é importante, primeiramente, para que você possa manter o hábito de investir mensalmente, sem comprometer sua estratégia.

Além disso, ela impede que você tenha que resgatar seus investimentos — e, possivelmente, perder dinheiro — para cobrir imprevistos. Assim, você terá mais tranquilidade no dia a dia e poderá manter sua estratégia de investimento, certo?

Porém, para evitar a perda do poder de compra, é importante investir a sua reserva. Nesse caso, vale recorrer a aplicações financeiras que sejam seguras e com alta liquidez, para ser possível resgatar quando desejar. Mais à frente, você conhecerá alternativas nesse sentido.

Como começar a investir do zero?

Com a reserva montada, é preciso alocar o restante dos recursos disponíveis. Para começar, você deve identificar qual é o seu perfil de investidor. Essa classificação depende da sua tolerância ao risco e se divide em três: conservador, moderado e arrojado.

Enquanto o conservador é um tipo de investidor que prioriza a segurança e evita os riscos, o moderado tolera um pouco mais de riscos para potencializar ganhos em longo prazo. Já o arrojado tem grande tolerância ao risco — se ajudar a rentabilizar a carreira.

Também é importante conhecer seus objetivos financeiros. Pense no que deseja alcançar e quais sonhos pretende realizar no curto, médio e longo prazo. Assim, é possível garantir que sua estratégia o auxilie nessa missão.

Fundos de investimento

Para quem começa agora no mercado financeiro, os fundos de investimentos também podem ser alternativas interessantes. Eles funcionam como condomínios financeiros, em que cada investidor adquire cotas de participação nos resultados.

Os recursos são movimentados por um gestor profissional, que toma as decisões de alocação com base na estratégia definida e aprovada para o fundo.

Eles podem ser de renda fixa, como os fundos referenciados DI, que investem prioritariamente em títulos públicos. Também podem ser de renda variável, como fundos de ações, fundos imobiliários (FIIs), fundos de índice (ETFs) e outros.

Entre as vantagens está a praticidade, já que as decisões são tomadas por um profissional e a diversificação. Com o valor usado para adquirir cotas é possível se expor aos resultados de vários ativos que, individualmente, custariam mais. Por isso, podem ser adequados para iniciantes.

Todavia, tenha atenção, pois eles apresentam estratégias e níveis de riscos variados. Portanto, estude o tipo de fundo para ter certeza de que ele é adequado ao seu perfil e objetivos financeiros.

Ações

O investimento em ações envolve mais riscos e são feitos por meio da bolsa de valores. Porém, para investidores iniciantes com perfil arrojado, pode ser uma boa forma de começar na renda variável.

Como as ações são a menor parte do capital social de uma empresa, adquirir os papéis permite que você se torne acionista e participe dos resultados da companhia.

O rendimento ocorre, principalmente, pela valorização das ações e pela distribuição de proventos —como os dividendos, que são parte do lucro líquido do negócio.

Esse investimento é, essencialmente, de longo prazo, pois o período estendido ajuda a diluir os riscos. Portanto, é preciso considerar esse fator antes de alocar seu dinheiro, além de aprender como fazer uma análise dos ativos para compor o seu portfólio.

Copyright© 2021 | Todos os direitos Reservados

MARKETING DIGITAL ADS LTDA - REGISTRADA NO CNPJ 34.355.241/0001-75